Busca...

.:: Condomínio Ville de Montagne II ::.

Fiscalização remove obras de condomínio irregular próximo a Lago Sul

Ao todo, 13 edificações foram erradicadas e 113 servidores foram mobilizados para a ação

O Comitê de Combate ao Uso Irregular do Solo do DF removeu nesta terça-feira (11/3) um total de 13 obras irregulares erguidas em áreas públicas do Paranoá, Guará e Brasília. As remoções foram coordenadas pela Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e pela Agência de Fiscalização (Agefis).


Segundo o GDF, um dos alvos do governo era o condomínio irregular Estância Quintas da Alvorada, que fica na região do Altiplano Leste, Paranoá. O residencial ocupava uma área de 18 hectares da Terracap e estava em fase de obras. Na ação desta terça-feira, foram retirados uma guarita que impedia o acesso à área pública e mais de 11 quilômetros de um cercamento feito de tela e de alvenaria, usado para demarcar os limites do condomínio. 

“A área é valorizada porque está bem próxima da divisa com o Lago Sul. Também por isso é um dos alvos preferidos dos grileiros”, explica o subsecretário de Defesa do Solo e da Água da Seops, Nonato Cavalcante.

Dentro do condomínio irregular no Paranoá também foram removidos duas edificações, um alicerce e 700 metros de muro. Duas fossas foram entupidas e três gambiarras de energia acabaram desligadas durante a ação. O Estância Quintas do Alvorada tem registrado um pedido de regularização, mas o processo não avançou. A última revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), de 2012, não prevê a legalização da área.

Leia mais notícias em Cidades

No Guará, o Comitê atuou na Área 30, Parque Ezechias Hering, que fica no setor Asschagas. Uma edificação ilegal, 30 metros de cerca, uma cisterna e uma fossa foram erradicadas. Também foram retirados 170 metros de cerca que demarcavam ilegalmente um lote no setor Lúcio Costa, na mesma região administrativa, na QE 4, em frente ao bloco 157.

Em Brasília, os órgãos do GDF retiraram 70 metros de cerca e um alicerce no acampamento DFL, na Vila Planalto. Houve também a erradicação de seis obras ilegais erguidas por catadores de recicláveis na UnB, no Parque Burle Marx e na 102 Norte.

As ações contaram com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, a CEB, a Caesb, o SLU e a Terracap. Ao todo, 113 servidores foram mobilizados.

FONTE: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/03/11/interna_cidadesdf,416924/fiscalizacao-remove-obras-de-condominio-irregular-proximo-a-lago-sul.shtml

 

Fim das ligações clandestinas de energia nos condomínios consolidados no DF

Publicado no Diário Oficial do DF o Decreto nº 33. 789/2012, uma medida de grande impacto social, promovida pelo GDF. Nele fica permitida à instalação de redes de energia, iluminação pública e água potável nos parcelamentos irregulares de solo, consolidados antes da vigência deste Decreto. Milhares de famílias serão beneficiadas com a medida. Muitas delas vivem sob risco de vida, devido curtos e incêndios, provocados por ligações de energia clandestinas as famosas gambiarras.

 
 


Brasília, 19 de julho de 2012

 

 

Página 1 de 31

Notícias

  • 10-07-2012 Operação derruba construções em estágio inicial no Paranoá Seis construções irregulares foram demolidas nessa segunda-feira (9/7). Algumas delas estavam em estágio inicial. A fiscalização passou por Taguatinga, Paranoá e Guará. A Polícia Civil foi acionada para investigar quem é o responsável pela grilagem de terras. A invasão que ainda estava sendo estabelecida ficava no Núcleo Rural Café sem Troco, no Paranoá. Sete ruas já estavam abertas, dez postes faziam a distribuição de energia clandestina. Uma construção em alvenaria já estava...
  • Secretário de Regularização de Condomínios possui três terrenos ilegais   Lilian Tahan Publicação: 11/02/2012 10:40 Atualização: Escolhido para ser o secretário de Regularização de Condomínios, o distrital Wellington Luiz (PPL) é dono de três terrenos irregulares no Distrito Federal. Um dos lotes fica no condomínio de Mini Chácaras do Lago sul, região que tem gerado recorrentes conflitos entre o GDF e os moradores. Os ocupantes alegam que...
  • Agnelo pede explicações ao secretário de Regularização de Condomínios     Ricardo Taffner Publicação: 12/02/2012 11:22 Atualização: 12/02/2012 12:12 O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), pedirá explicações ao secretário de Regularização de Condomínios, Wellington Luiz (PPL), sobre os terrenos irregulares de propriedade do deputado distrital. O nome do primeiro gestor da secretaria recém-criada foi oficialmente...
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
VILLE 2
Login
   
 
Login
 
 

DICAS IMPORTANTES

CONDOMÍNIO VILLE DE MONTAGNE II ::--:: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS: 2010 ::--:: STUDIO NET3D WEBDESIGN (61) 9838-2357 - www.net3d.com.br